UNIMA Portugal

União da Marioneta Portuguesa / Centro Português da UNIMA
União Internacional da Marioneta / Union International de la Marionnette

LOGO UNIMA PORTUGAL ESTRUTURA 2012Estamos a fazer a actualização das listagens de eventos, produtores e espaços dedicados à arte da marioneta em Portugal. Em Breve será publicado aqui na nossa página bem como será distribuído por todos os centros UNIMA espalhados pelo mundo.

logo unima recortado 2011Comemorações do Dia Mundial da Marioneta 2016 – 21 de Março

 

No passado dia 2 de Janeiro de 2016, faleceu o Professor Henryk Jurkowski.

Este homem incrível de erudição, pesquisador, crítico de teatro, escritor e antropólogo, dedicou sua vida ao mundo do teatro de marionetas granjeando inúmeros amigos e admiradores em todo o mundo.

A fim de o recordar e manter junto do nosso coração, as instâncias da UNIMA decidiram retomar em 2016, a bela mensagem internacional que então escreveu para o Dia Mundial da Marioneta de 2011:

 

Mensagem Internacional para o Dia Mundial da Marioneta

21 de março de 2016

(Henryk Jurkowski, 1927-2016)

 

Eis-me aqui, na cidade de Omsk, Sibéria Ocidental. Entro no museu etnográfico. De súbito, os meus olhos são atraídos por uma grande vitrina onde estão dezenas de figuras: são os ídolos das tribos fino-úgricas Mansi e Khanti. Eles parecem saudar cada visitante. Um impulso interior leva-me a retribuir-lhes o cumprimento. São figuras magníficas. Representam um traço duradouro da espiritualidade entre as primitivas gerações humanas. São elas e seu mundo imaginário que estão na raiz das primeiras manifestações e representações teatrais, sagradas ou profanas.

As colecções de Arte são abundantes em ídolos e figuras sagradas que, pouco a pouco, se desvanecem na memória. Mas nos museus, também há marionetas, as quais conservam as marcas das mãos de seus criadores e dos seus manipuladores. Dito isto, essas mãos revelam os vestígios da destreza, da imaginação e da espiritualidade humanas. Existem coleções de marionetas em todos os continentes e em quase todos os países. Elas são um orgulho para os coleccionadores. Constituem um campo de investigação, conservam bem viva a memória e acarretam uma importante prova da diversidade da nossa disciplina.

A arte, como muitas outras atividades humanas, submete-se a duas tendências: uniformidade e diferenciação. Hoje, vemos as duas tendências coexistir ao nível das atividades culturais. Podemos constatar que, obviamente, a facilidade de viajar, tanto pelos céus e como pela net, multiplica o número de contactos em inúmeros congressos e festivais, o que conduz a uma muito maior uniformidade. Em pouco tempo, nós viveremos verdadeiramente na aldeia global de McLuhan.

Este facto não significa que tenhamos perdido completamente o sentido da diferenciação cultural, mas antes que companhias teatrais em significativo número recorrem agora a meios ou técnicas de expressão semelhantes.

Estilos de marionetas tais como o ningyo joruri japonês ou o wayang indonésio foram assimilados na Europa e América. Simultaneamente, grupos asiáticos ou africanos estão usando técnicas marionetísticas europeias.

Amigos meus dizem-me que, se um jovem artista japonês pode ser um virtuoso a tocar obras de Chopin, um americano poderia tornar-se um mestre de Joruri ou  um Dalang executando purva wayang. Eu posso concordar com eles, sob condição de que o marionetista assimile não apenas a técnica do Bunraku mas também toda a cultura que lhe está subjacente.

Muitos artistas satisfazem-se com a beleza exterior da marioneta que, contudo, oferece aos espectadores a oportunidade de descobrir diferentes formas de arte. Deste modo, a marioneta invade novos territórios. Mesmo no campo do teatro de actor, veio a tornar-se fonte de várias metáforas.

Esta grande expansão da marioneta figurativa está ligada a um movimento proporcionalmente inverso quanto ao território anteriormente ocupado. Isso deve-se à invasão do objecto e, em maior escala, no que toca à matéria. Porque todo o objeto, toda a matéria, sujeitos a uma animação, interpela-nos e exige o seu direito à vida teatral. Assim, o objeto agora substitui a marioneta figurativa, abrindo aos artistas um caminho para uma nova linguagem poética e para uma criação que envolve imagens ricas e dinâmicas.

A imagética e metáforas que antes eram as características de cada tipo de marioneta, diferenciando-as umas das outras, tornaram-se hoje a fonte da expressão para cada marionetista individual. Assim, aparece uma nova linguagem poética singular que não depende da tradição genérica, mas do talento do artista e da sua criatividade individual. A uniformização dos meios de expressão gerou a sua diferenciação. A aldeia global de McLuhan tornou-se no seu antípoda. Os diferentes meios de expressão tornaram-se os instrumentos da palavra individual que sempre prefere soluções originais. Claro que a tradição figurativa no teatro de marionetas não desapareceu do nosso horizonte. Esperemos que permaneça perenemente como um precioso ponto de referência.

Henryk Jurkowski – 2011

 

Tradução de 2016 de Ildeberto Gama associado nº16
Agradecimento a Rui Sousa associado nº104 pela primeira tradução em 2011.

Assembleia Geral da UNIMA-P – UNIÃO DA MARIONETA PORTUGUESA, CENTRO PORTUGUÊS DA UNIMA

CONVOCATÓRIA    

Caro(a) associado(a).  

Na qualidade de Presidente da Mesa da Assembleia Geral, nos termos da lei e de acordo com o Artigo 12º dos Estatutos da UNIMA-P – União da Marioneta Portuguesa, Centro Português da UNIMA, convoco todos os associados para reunirem em Assembleia Geral Ordinária no dia 19 de Março de 2016, pelas 14:30 horas, na sede da UNIMA-P, na Rua 15 de Outubro nº 7/9 – Alcobaça

Boas Festas !! Feliz Ano Novo !!!

por Unima Em 23 de Dezembro de 2015 0 Comentários

postal unima portugal 2015

actualização de contactos dos associados

por Unima Em 6 de Novembro de 2015 0 Comentários

LOGO UNIMA PORTUGAL associado 2012Estamos a actualizar a nossa base de dados dos associados. Agradecíamos que nos enviassem os vossos dados de contacto actualizados para que possam receber toda a informação.

Se não recebe à já algum tempo informações da UNIMA Portugal por favor contacte-nos pelo email socios@unimaportugal.com

novo fôlego!

por Unima Em 27 de Outubro de 2015 0 Comentários

inauguracao unima portugal 2 é verdade! caros associados de volta ao trabalho estamos a recolher conteúdos para a UNIMA Portugal MAGAZINE desta vez o quarto número. Também já começamos a preparar a nossa presença no próximo congresso mundial em Espanha em 2016. mais novidades em breve…..fiquem atentos ao vosso email…..

clic no texto abaixo para abrir convocatória

convocatoria Assembleia Geral UNIMA P – Alcobaça 18 Julho 2015

 

 

de volta …

por Unima Em 31 de Março de 2015 0 Comentários

Logo_unima_portugal_finalDepois de uns tempos de intervalo estamos de volta ao tabalho. Em breve irá se realizar uma Assembleia-Geral. Os trabalhos de preparação já estão em marcha. A edição do novo numero da Unima Portugal Magazine também já está começou a ser feito, bem como a preparação para o congresso mundial de 2016 em Espanha……até já!!!!

Hoje a UNIMA faz 85 anos Parabéns!!!!

por Unima Em 20 de Maio de 2014 0 Comentários

1510985_589411534490083_304331228777395074_n

Caros associados confirmem se receberam a nova Folha Informativa no vosso e mail. Se não receberam por favor contactem a UNIMA Portugal através do info@unimaportugal.com.

cabeçalho informação unima jpeg