REGULAMENTO INTERNO DA UNIMA–P

UNIÃO DA MARIONETA PORTUGUESA – CENTRO PORTUGUÊS DA UNIMA

 

1) Apoios e Logótipo da UNIMA-P

 

1.1) Os organizadores das manifestações relacionadas com a arte da marioneta podem levar a cabo as suas iniciativas, com o apoio da UNIMA.

 

1.2) O apoio internacional é aprovado pela Comissão Executiva da UNIMA, sob proposta do Centro Nacional. O apoio nacional é aprovado pelo Centro Nacional.

 

1.3) O apoio inclui o direito de usar nos materiais de comunicação o logótipo da UNIMA-P.

 

1.4) A utilização do logo por parte de estruturas colectivas, só pode ser feita quando estas são estruturas associadas, e não somente porque membros da estrutura são individualmente associados.

 

1.5)  A sua utilização por parte dos associados é livre cabendo a cada associado a responsabilidade de manter a dignidade da sua utilização enquanto símbolo da associação ao qual faz parte integrante, não podendo ser alterado tanto na sua cor ou formato, podendo ser reproduzido em preto / branco. A sua dimensão pode ser ajustada ao trabalho gráfico onde é inserido.   A quando da sua utilização deve ser referido junto do logótipo a seguinte palavra “Associado” no que respeita a associados individuais ou “Estrutura Associada” a quando de associados colectivos.

 

2) cartão UNIMA-P, Sócios e Membros Honorários

 

2.1) Um sócio da UNIMA-P tem direito a um cartão de membro da UNIMA-P, bem como o cartão internacional da UNIMA.

 

2.2) Um sócio da UNIMA-P tem direito a votar apenas no Centro Nacional. A adesão a mais que um centro nacional só é possível na medida em que os estatutos destes centros possibilitem a adesão especial, sem direito a voto.

 

2.3) Os sócios individuais e os colectivos têm direito a um voto.

 

2.4) Só se podem candidatar aos órgãos directivos da UNIMA-P sócios com no mínimo de dois anos de associado.

 

2.5) Não se podem candidatar sócios colectivos aos órgãos directivos.

 

2.6) Só podem votar os sócios que tenham as cotas regularizadas.

2.7) As candidaturas para o título de “Membro Honorário” da UNIMA-P podem ser feitas pela Direcção ou qualquer associado. A deliberação é da competência da Assembleia Geral.

 

2.8) Todas as candidaturas ao título de Membro Honorário serão enviadas à Direcção da UNIMA-P, pelo menos com dois meses de antecedência da próxima Assembleia Geral, e deve ser acompanhada de um comentário que inclui uma breve biografia e as razões da sua selecção como candidato.

 

3) convocações

 

3.1) O Presidente da mesa da Assembleia-Geral enviará a convocatória com a data e o local para todos os Associados da UNIMA-P, através de e-mail ou se o associado não possuir e-mail, através de carta postal ou fax.

 

4) sede da UNIMA-P

 

4.1) O Centro Português da UNIMA deve informar todos os seus associados da existência de publicações que cheguem ao centro UNIMA-P.

 

4.3) Todos os associados da UNIMA-P podem utilizar as instalações da sede nacional para reunir, estudar ou investigar, bastando pedir a sua utilização antecipadamente há direcção por escrito.

 

5) Centro de Documentação

 

5.1) o Centro de Documentação da UNIMA-P tem como objectivo reunir documentos relacionados com a arte da marioneta em Portugal em particular e do mundo em geral.

 

5.2) Podem ter acesso ao Centro de Documentação da UNIMA-P todos os membros da UNIMA.

 

5.3) Excepcionalmente podem ter acesso ao Centro de Documentação da UNIMA-P outras pessoas que não sejam membros da UNIMA-P quando autorizados pela direcção.

 

5.4) O acesso a alguns documentos do Centro de Documentação da UNIMA-P pode ser condicionado.

 

5.5) É obrigatório o registo da identificação de todas as pessoas que consultem os documentos do Centro de Documentação da UNIMA-P.

 

5.6) A utilização dos documentos consultados ou parte deles em trabalhos que venham a ser publicados terão de mencionar o “Centro de Documentação da UNIMA-Portugal”, assim como respeitar os direitos de autor.

 

5.7) A Direcção da UNIMA-P tem a obrigação de criar e manter actualizada on-line na página da internet da UNIMA-P uma lista de todos os documentos existentes no Centro de Documentação da UNIMA-P.

 

5.8) Os casos omissos são da responsabilidade de Direcção.

 

Este regulamento interno foi aprovado por unanimidade aos quatro dias de Junho do ano de dois mil e onze, às onze horas e trinta minutos, na Assembleia – Geral Extraordinária, na SOIR – Joaquim António de Aguiar, Pátio do Salema, nº 7 – A, 7000-818 Évora

 fundada em 15 de Maio de 1989 - UNIMA PORTUGAL união internacional da marioneta - centro português da unima - info@unimaportugal.com